Vermelhinhos e maluquinhos (sobre bastidores)
04/05/2016 - 14h41 em Editorial

 

É impressionante a evolução do Pé de calçada dentro desses dois anos de existência. E a cada evento novas caras, novos sorrisos e até novas vidas.

Então nesse momento é bacana falar um pouco do outro lado da festa, uma parte extremamente importante que tanta gente desconhece ou mesmo não percebe a dimensão, que são os bastidores...

Composto por pessoas que estão ali por amor, sem ganhar um centavo, doando muito mais que seu tempo, mais uma parte muito significativa de suas vidas.

A quem pensa que vestir uma camiseta vermelha e compor a equipe do pé de calçada seja fácil mais acreditem é um trabalho, maravilhoso sim, mais é um trabalho, com atribuições e compromissos, com cobranças e desafios diários.

Então vamos lá:

O pé de calçada começou despretensioso e cresceu de forma incrível bem rápido, temos hoje mais de 6.500 curtidas no facebook e em uma tarde no parque com a circulação, já chegamos a receber cerca de 1.600 pessoas, bastante gente né...

Então imagine vocês a responsabilidade dos nossos amados vermelhinhos.

O pé de calçada acontece geralmente uma vez no mês, mais para que isso aconteça cada componente da equipe assume um papel importantíssimo durante um mês todo.

Existe uma preocupação eminente de oferecer ao publico uma qualidade profissional desde o som até o trato com cada pessoa. Então são reuniões, grupos no watts bombando, divulgação diária, cabos e caixas de som, busca do conhecimento, playlist, contato com as bandas, agenda, documento com prefeitura, DJs, rádio, campanhas, lojinha...

Isso e muito mais, durante o mês todo. Ai chega o grande dia...

Acabou? Não, vem mais trabalho.

O pessoal da equipe não vive de forró, precisam trabalhar, então rola uma boa administração de agenda para que pelo menos a maioria possa comparecer no dia marcado; e lá estão eles, pela manhã, não 12hs mais muito mais cedo, logo acordaram mais cedo ainda para carregar os carros e não esquecer nada. Com tudo conferido, partiu parque...

Chegando lá começa a montagem, gente é tanto, tanto fio rsrsrsrs

As tendas começam a tomar forma, logo está pronto camarim, cabine de DJs com tudo no lugar, e os fios continuam sendo colocados...

Caixas de som posicionadas, comidinhas da banda toda ajeitadinha com tanto amor que mesmo com o suco fraquinho fica uma delicia!!! Rsrsrsrsrs

Campanha prontinha pra arrancar sorrisos e consciência das pessoas, avisos anexados, começa a passagem de som.

Microfones, música e mais fios... 1,2,3 regula isso regula aquilo, agora ta bom...

Começam a chegar os convidados, música pro povo dançar... E a montagem continua.

Corre pra lá, corre pra cá, e tudo vai ficando no lugar.

Fora os imprevistos que as vezes ninguém repara, mais tem chuva, cai energia, alguém da banda fica preso no transito, algum equipamento quebra no ultimo minuto, entre outras coisas.

Começa o evento...

Acabou?? Nãoooooooooooo

Recepção das bandas convidadas com carinho e muito respeito, música rolando o tempo todo, equipamento em funcionamento, avisos, fotos e mais fotos...

Passagem de som da banda, tudo certo... Apresentação e tome forró...

Acho um máximo reparar nas expressões dos nossos técnicos durante a apresentação das bandas. Uma mistura de preocupação e orgulho linda de ver!

Acaba a banda, recados dados, agenda divulgada, agradecimentos e as saideras...

Enfim acabou???? Sim pra galera que curtiu o forró acabou, dali pra outro lugar ou pra casa descansar, mais pra equipe de vermelhinhos...

Eles ficam lá, desmontam tudinho, guardam direitinho, carregam os carros e ainda muitas vezes tem que levar algo de um lugar pra outro. Já teve dias em que estava o parque fechando e eles ainda lá desmontando tudo.

Reparem na minha descrição eles chegaram ao parque pela manhã e saíram de lá à noite!!!!

Que horas esse pessoal comeu??

Quantas vezes, alguém da equipe tem um problema pessoal, ou está passando mal, ou até machucado e nem por isso deixa de estar lá.

Incrivelmente a galera vermelhinha ta sempre com sorriso no rosto!

E outra coisa que julgo importante, a galera da equipe também gosta de dançar... É claro eles dançam no pé. Seria injusto se não dançassem. Mais eles dançam pouco, deixam o prazer de lado pra se dedicar inteiramente ao sucesso do Pé de calçada, então se você dançar com um vermelhinho que seja a melhor dança, por favor, hehehe

Bom por fim toda a equipe pode descansar, com a certeza de dever cumprido.

AA agora acabou???

Sim agora acabou. Mais amanhã começa tudo outra vez...

Gente pode até parecer que estou puxando o saco mais eu admiro e dou valor a cada um dessa equipe SIM!!!

Não divulguei nomes neste texto pra não correr o risco de esquecer ninguém, pois cada membro da equipe atual ou passada, cada agregado ou estagiário como diz o Tércio é parte importante para que o Pé de Calçada continue evoluindo dia a dia.

E cada pessoa que vem, divulga e traz alguém é igualmente importante.

Por isso não posso deixar de lembrar, cada atitude conta, seja não deixando lixo no nosso ambiente, não consumindo bebidas alcoólicas no parque, fortalecendo o evento comprando os produtos na lojinha, ouvindo e participando da radio, curtindo e acompanhando a página, dançando muito com todos e distribuindo sorrisos, SOMOS TODOS PÉ DE CALÇADA!!!

Dois anos a caminho do terceiro, quarto...

 

Que cresça, fortaleça e continue firme e forte.

 

Thalita Molina

Maio de 2016

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!